games
curiosidades
esportes
bizarro
filmes

Curiosidades

Revelações sobre as linhas de Nazca

Do chão, nada se vê. Mas sobrevoando o deserto peruano é possível enxergar com clareza enormes desenhos que se estendem por quilômetros.

Macacos, baleias assassinas, condores, pelicanos, flores, árvores e formas geométricas: são os mais de 1.500 geoglífos que formam as famosas Linhas de Nazca.

Desenhadas por uma civilização que habitou a região entre 200 AC e 600 DC, elas foram preservadas pelo clima árido e acabaram declaradas patrimônio da humanidade pela Unesco em 1994.

No entanto, muitos mistérios ainda rondam esses desenhos – e cientistas e leigos de todo o mundo elaboraram diferentes teorias. Seriam caminhos sagrados ou serviam como calendários? Talvez tivessem finalidades astronômicas ou agrícolas, indicando a existência de canais subterrâneos. Seriam elas uma oferenda aos deuses ou pistas de pouso para naves extraterrestres?

Foi em busca de respostas que a Dra. Christina Conlee, arqueóloga da Universidade Estadual do Texas, partiu em 2002 rumo a La Tiza, local de escavação da cultura Nazca. O objetivo era ir além das linhas e compreender a cultura do povo para inserir os geoglífos em um contexto social. Além das surpreendentes imagens feitas com a ajuda de helicópteros, a equipe fez descobertas reveladoras.

Durante as escavações, foi encontrado algo inédito: o esqueleto de um jovem enterrado com sinais evidentes de decapitação. Embora a decapitação seja um símbolo comum nos jarros Nazca, nunca um corpo havia sido achado. O que ele significa? Teria alguma relação com as linhas?

Veja abaixo uma entrevista com a Dra. Conlee:

- O que é este corpo decapitado?
Esse corpo foi achado em 2004. Ele está sem cabeça e foi uma grande surpresa e rendeu patrocínio da National para continuar a pesquisa. Na cultura Nazca, achamos centenas de cabeças troféus, cabeças mumificadas, mas essa foi a primeira vez que encontramos um corpo.

- Qual a importância dele?
Este homem ajuda a esclarecer um debate antigo sobre as cabeças troféus, se eram tiradas na guerra ou eram para sacrifícios. Com a descoberta, agora sabemos que eram troféus, oferendas aos Deuses. Há uma linha de Nazca de uma baleia com uma cabeça na boca. Mas não sabemos exatamente como elas se ligam.

- O que significam as linhas?
Há diferentes linhas: imagens de animais, formas geométricas. Sempre acreditei que elas estavam relacionada à rituais de alguma forma, mas o que ficou claro é que elas têm a ver com a água. Achamos que os animais estão relacionados de alguma forma à fertilidade e à água, e as linhas eram grandes templos a céu aberto. Não achamos que sejam, por exemplo, parte de um calendário.

- Porque a certeza de serem templos?
Em muitas linhas, especialmente nos trapézios, há pequenas plataformas, e há comida nas linhas, potes quebrados. Estamos estudando a cultura para compreender os significados de tudo isso, juntando peças desse grande quebra-cabeças.

- Quantas pessoas foram necessárias para construir as linhas e quanto tempo levou?
Não sabemos quanto tempo levou para fazer todas. Algumas são pequenas, e um grupo de 20 pessoas poderia ter feito em um dia. Outras, demandaram mais de 100 pessoas e até semanas.

- O que a Sra tem a dizer sobre as especulações de OVNI´s relacionados às linhas?
Esta é a primeira pergunta que as pessoas fazem. Não há evidencia de OVNI´s. Há evidência clara de que os Nazca fizeram essa linha.

- Muitas pessoas ficam impressionadas com a precisão dos desenhos. Como é possível formas assim, tão perfeitas?
O importante é ressaltar que foram realmente pessoas que as desenharam. Usando gravetos com linhas e barbantes amarrados, elas conseguiam antes criar esboços para fazer os animais e linhas. Além disso, as linhas, apesar de melhores vistas do céu, são visíveis de morros em toda a região.

- O que falta descobrir?
Bem, sabemos que eram realizados sacrifícios, mas não sabemos onde eram feitos – se nas linhas ou outro lugar. Uma equipe ainda vai gravar mais linhas e eu continuarei minhas escavações. Apesar de sabermos muito mais sobre Nazca do que há 20 anos, é uma investigação que ainda está em curso.



Compartilhe:



Fonte


Curiosidades, em 07/05/2010 às 00:00 por Juliane






Comentários:





destaques em Curiosidades

As gêmeas que compartilham os sentidos

Os nomes são Tatiana e Krista. Seu caso é um dos mais incrív [ler+]

Hotel Montanha Mágica

Localizado na reserva natural de Huilo Huilo, em meio aos An [ler+]

12 Paradoxos da viagem no tempo

1) Paradoxo do Avô: Certamente o mais famoso paradoxo tempor [ler+]

9 tradições perigosas ao redor do mundo

Em alguns países islâmicos, é mais do que normal ver mulhere [ler+]

mais vistos em Curiosidades

Qual é a coisa mais nojenta que existe?

Pense em um lenço estranho, de uma pessoa desconhecida, ping [ler+]

9 tradições perigosas ao redor do mundo

Em alguns países islâmicos, é mais do que normal ver mulhere [ler+]

Sagui-leãozinho, o menor macaco do mundo

O sagui-leãozinho ou sagui pigmeu é o menor primata do mundo [ler+]

A aranha mais venenosa do mundo

Extremamente rápida, agressiva e venenosa, a aranha armadeir [ler+]


publicidade

publicidade