games
curiosidades
esportes
bizarro
filmes

Filmes

Megamente subverte mito de Superman e festeja os vilões

No mundo dos super-heróis, os vilões são exemplos a não serem seguidos, onde o pior do ser humano é exposto e explorado. A animação “Megamente” quebra esta regra e conta uma divertida história onde o vilão acaba sendo o herói.

A animação conquista o público logo na cena inicial, quando são explicadas as razões de Megamente ter se tornado o vilão, que cria uma empatia fora do padrão com o representante do mal. Vale enfatizar que ele não teria o mesmo apelo com outro dublador – compare a versão legendada com a dublada para ver a diferença! Will Ferrell conseguiu de forma perfeita trazer o seu humor característico para o personagem.

Na história, o pequeno e azul Megamente (voz de Will Ferrell no original em inglês) é enviado à Terra ao mesmo tempo que o bonitão Metro Man (voz de Brad Pitt). A nave do primeiro acaba caindo dentro de um presídio, onde ele cresce e aprende que os bandidos são os caras legais. Enquanto isso, Metro Man cai na casa de uma família honesta e rica e se torna um grande herói amado por todos. É assim que começa a rivalidade entre os dois.

A trama dirigida por Tom McGrath (da franquia “Madagascar”) pega o mito de “Superman” para contar uma história com muitas referências ao universo dos super-heróis e que questiona os motivos e sentimentos do chamado vilão da história.

Após anos de batalhas entre Megamente e Metro Man, onde o vilão é sempre derrotado, ele acredita ter finalmente montado um plano perfeito. Sequestra a mocinha apaixonada pelo herói, a réporter Roxanne (voz Tina Fey), e cria uma armadilha para acabar de vez com o rival. A própria mocinha tira sarro do vilão durante o seu plano, prevendo que no final ela será salva, mas de forma inesperada o plano dá certo e o herói finalmente é derrotado.

Mas este é só o começo da história. Depois de aterrorizar a vida dos moradores da cidade e destruir tudo, o vilão se torna o soberano do lugar, mas não demora a perceber que, sem um herói para enfrentar, sua vida não tem propósito.

“Megamente” faz, de forma bem-humorada, uma inversão e descaracterização dos tradicionais papéis do herói e do vilão. Sua mensagem tenta passar para as crianças que o comportamento humano é muito complexo, mostrando que o mundo seria muito chato se todos fossem somente bons ou maus.

Graças à premissa – que além de “Superman” lembra bastante a websérie “Dr. Horrible Sing-Along Blog”, de Joss Whedon – , o desenho ambiciona agradar mais que o público infantil. Afinal, só os papais nerds entenderão algumas piadas referenciais, como a engraçada imitação de Marlon Brando, o pai de Superman, no clássico filme dos anos 70.

Outro grande atrativo para os adultos é a excelente trilha sonora do filme, composta por Hans Zimmer (“Sherlock Holmes”). E entram grandes clássicos de bandas de rock, como AC/DC e Guns N’ Roses, que combinam com a personalidade de Megamente e complementam o clima da história.



Compartilhe:



Fonte


Filmes, em 09/12/2010 às 11:03 por Juliane






Comentários:





destaques em Filmes

Keanu Reeves diz que Matrix pode ganhar novas sequências

Durante uma entrevista em Londres, na qual divulgava o seu n [ler+]

James Cameron vai filmar Avatar 2 nas profundezas do Pacífico

Depois de apresentar ao mundo toda a capacidade do 3D com “A [ler+]

Sutherland confirma filme de 24 Horas

No início deste ano a Fox afirmou que o filme da série de TV [ler+]

Estúdio contrata diretores para Atividade Paranormal 3

Segundo o Blood Disgusting, a Paramount escalou a dupla Henr [ler+]

mais vistos em Filmes

Samara retornará para assombrar o público em O Chamado 3D

Os fãs de filmes de horror jamais vão esquecer da pequena – [ler+]

Tim Burton vai produzir uma animação da Família Addams

O diretor Tim Burton está preparando uma animação da "Famíli [ler+]

Veja alguns dos filmes de terror mais perturbadores

Saiba alguns dos filmes de terror mais horripilantes e pertu [ler+]

A sequência da animação Monstros S/A

Os estúdios Disney anunciaram que farão uma sequência para a [ler+]