games
curiosidades
esportes
bizarro
filmes

Interessante

Peixe sem visão encontrado

Um pesquisador da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Cristiano Moreira, acaba de descobrir uma rara espécie de peixe que vive em aquíferos brasileiros. Alguns espécimes deste peixe cego já haviam sido coletados por especialistas americanos mas, como há 50 anos não eram vistos, acreditava-se que haviam se extinguido.

Os biólogos não têm certeza ainda, mas suspeitam que o animal seja um dos poucos sobreviventes de uma espécie extinta que conseguiu preservar-se nas profundezas enquanto seus similares eram exterminados na superfície.

A equipe, liderada pelo ictiólogo (zoólogo dedicado ao estudo de peixes) Cristiano Moreira, fez uma expedição especialmente para encontrar o animal, chamado Stygichthys typhlops. Foram ao local onde ele havia sido encontrado em 1962 – Jaiba, Minas Gerais – e fizeram entrevistas com habitantes locais, que alegaram já ter visto o peixe nas redondezas. A equipe, então, conseguiu capturar 34 espécimes.



Compartilhe:




Interessante, em 18/05/2010 às 00:00 por Juliane






Comentários:





destaques em Interessante

Diamante maior que a Terra é descoberto no espaço

Imagine a maior pedra preciosa que você conseguir. É do tama [ler+]

Jovem tem braços artificiais controlados pelo poder da mente

Após perder os braços em um acidente de trabalho há quatro a [ler+]

Jovem com metade do corpo é exemplo de determinação

o jovem Doug Forbis de 24 anos nasceu com uma doença muito r [ler+]

Nosso cérebro é mais semelhante com o dos macacos do que se pensava

Livros didáticos e as imagens do Google estavam erradas, ass [ler+]

mais vistos em Interessante

Pesquisadores alegam ter encontrado a cidade perdida de Atlântida

A Atlântida ou Atlantis é uma lendária ilha ou continente cu [ler+]

Designer de moda cria roupas feitas de leite

Anke Domaske, uma designer de moda e microbiologista alemã, [ler+]

Esmaltes diferentes

Se você achava que a criatividade das marcas estava no fim, [ler+]

Britânico perde 1/3 da cabeça em queda brutal

Alan Hind tem 28 anos e vive sem um terço de seu crânio devi [ler+]