games
curiosidades
esportes
bizarro
filmes

Interessante

Bactéria encontrada na atmosfera pode gerar energia

Bacillus stratosphericus é o nome de uma bactéria rara na superfície terrestre, mas comumente encontrada em porções mais altas de nossa atmosfera. Ela se concentra numa altura superior a 32 quilômetros, na região conhecida como estratosfera. Cientistas da Universidade de Newcastle descobriram que esse microorganismo pode ser o componente principal de um novo tipo de gerador de energia. O estudo foi publicado na revista Journal of Environmental Science and Technology.

O uso de micróbios para gerar energia elétrica não é novo – eles já foram usados em estações de tratamento de água e esgoto. Para isso, os cientistas ligam as bactérias em um biofilme, uma espécie de superfície onde elas ficam grudadas umas as outras. Esse biofilme cobre elétrodos de carbono, criando um mecanismo chamado de Célula Combustível Microbiana. Conforme as bactérias se alimentam de matéria orgânica, elas produzem elétrons que passam para os eletrodos e geram energia.

Até agora os biofilmes eram produzidos com bactérias aleatórias. Com o estudo da Universidade de Newcastle, é a primeira vez que cientistas manipulam seus componentes para aumentar a produção de energia. Os cientistas isolaram 75 espécies diferentes de bactérias e testaram a geração de energia de cada uma em separado.

Ao escolher as melhores, eles acabaram criando uma espécie de mistura bacteriana e aumentaram a potência elétrica do biofilme de 105 Watts por metro cúbico para 200 Watts por metro cúbico. Embora ainda seja baixo, será suficiente para acender uma lâmpada elétrica e providenciar energia para locais sem fontes energéticas.

A bactéria que mais se destacou na mistura foi justamente a Bacillus stratosphericus, que foi retirada de um rio britânico, depois de ser trazida à Terra como resultado de processos atmosféricos. Os cientistas dizem que ficaram surpresos com a descoberta e que pretendem pesquisar outros microrganismos. Afinal de contas, ainda existem bilhões de micróbios por aí para serem analisados.



Compartilhe:




Interessante, em 04/03/2012 às 16:07 por Juliane






Comentários:





destaques em Interessante

Os robôs mais realistas do mundo

A ficção científica está repleta de histórias em que é difíc [ler+]

Nosso cérebro é mais semelhante com o dos macacos do que se pensava

Livros didáticos e as imagens do Google estavam erradas, ass [ler+]

Curitiba terá cinema com poltronas que se mexem, vento e água na cara

Imagine você em uma sala de cinema assistindo o filme Pirata [ler+]

Diamante maior que a Terra é descoberto no espaço

Imagine a maior pedra preciosa que você conseguir. É do tama [ler+]

mais vistos em Interessante

Pesquisadores alegam ter encontrado a cidade perdida de Atlântida

A Atlântida ou Atlantis é uma lendária ilha ou continente cu [ler+]

Esmaltes diferentes

Se você achava que a criatividade das marcas estava no fim, [ler+]

Designer de moda cria roupas feitas de leite

Anke Domaske, uma designer de moda e microbiologista alemã, [ler+]

Britânico perde 1/3 da cabeça em queda brutal

Alan Hind tem 28 anos e vive sem um terço de seu crânio devi [ler+]


publicidade

publicidade